... ...

Novo Azera 2016 – Lançamento, Preço, o que mudará?

Novo Azera 2016 – Lançamento, Preço, o que mudará?

Olá leitores do site Del Carros, hoje vamos falar do Novo Azera 2016, onde mostraremos o consumo desse Sedan da Hyundai, e ainda vamos falar sobre sua concorrência no mercado, Ficha Técnica, Fotos, Preço, Avaliação, Opinião do Dono e Custo Benefício!!!

Nos ainda convidamos vocês leitores do site, para participar deixando a sua opinião no final desta página. Sua avaliação é muito importante para ajudar outros leitores do site, onde com seus comentários ajudam outros para tirar suas dúvidas sobre qual carro escolher na hora de comprar. Nesse artigo vamos procurar mostrar o  lançamento: preço de tabela do veículo, média do consumo de combustível, melhores itens de série e principais concorrentes desse carro.

Novo Azera 2016 – Lançamento, o que mudará?

Novo Azera 2016

O Novo Azera 2016 deve chegar as concessionarias até o segundo semestre desse ano, o carro traz algumas mudanças mais não muito significativas, veio para brigar forte com seus concorrentes de mercado no Brasil, são eles: Ford Fusion, Volkswagen Passat e Kia Cadenza.


O Sedã trouxe algumas modificações, veio com um motor 3.0 V6 e potência de 250 cv. O sedã apresenta dianteira reestilizada, para-choque traseiro com difusor,  faróis de neblina de LED, alerta de ponto cego e de colisão frontal.  Segundo a Hyundai, a estabilidade do Azera foi aprimorada com ajustes na suspensão.

O Azera ganhou alguns discretos retoques visuais e manteve suas principais características: ele continua sendo um carro com bom motor, mas que preza mesmo pelo conforto dos passageiros. O ótimo espaço interno e pacote de equipamentos completo também se mantêm como marcas do sul-coreano.

Novo Azera 2016 – Consumo, Preço

A nossa equipe do site Del Carros fizeram os testes de consumo do Novo Azera 2016, e o consumo não foi considerado muito bom, mais tem que se levar em consideração o motor de 3.0, e o porte do sedã, considerado muito grande, os números ficaram assim o consumo do Azera 2016 deve ficar na média de 8.2 km/l na cidade e até 10.7 km/l quando está rodando na estrada. Lembrando que este motor 3.0 não é flex, portanto estes dados correspondem ao abastecimento com gasolina.




O Novo Azera 2016 não vai chegar as lojas por menos de 150 mil, realmente é um carro para poucos possuírem, não só pelo valor em sim, mais também o custo beneficio é bastante alto De acordo com uma pesquisa de preços do site Quatro Rodas para saber quanto custa o seguro Azera, em uma simulação para um homem de 35 anos, casado, que mora na cidade de São Paulo, o custo médio do seguro é de R$ 3.070,00.

Azera 2016

Ficha técnica:

Motor: Dianteiro, transversal, seis cilindros em V, comando duplo, injeção direta, gasolina
Cilindrada: 2.999 cm³
Potência: 250 cv a 6.400 rpm
Torque: 28,8 kgfm a 4.700 rpm
Transmissão/tração: Automática de seis marchas, tração dianteira
Suspensão: Independente, McPherson na dianteira e multilink na traseira
Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira
Pneus: 245/45 R18




Dimensões: Comprimento 4,920 m; Largura 1,860 m; Altura 1,470 m; Entre-eixos 2,845 m
Tanque: 70 litros
Peso: 1.581 kg
Porta-malas: 601 litros (aferido por AE)

Novo Azera 2016 – Dá para comprar?

Não é uma boa escolha se olharmos para seus concorrentes de mercado como o Honda Accord 2.4 EX (R$ 147.900), também oferecem bons pacotes de equipamento. O senão fica para os airbags – são apenas seis no Accord completo, contra sempre nove no Hyundai – e pela falta de GPS no modelo da Honda. Por outro lado, o Ford Fusion 2.0 EcoBoost Titanium Plus AWD sai por R$ 135 mil e não fica devendo com relação aos principais itens do Azera e adiciona um pacote tecnológico bem mais completo.

Hyundai Azera 2015

A relação de custo-benefício do Azera fica comprometida em relação a seus rivais, especialmente quando o assunto é desempenho e manutenção. Se itens de série não forem prioridade para você, ainda pesam os custos com seguro, revisões até 30 mil km e cesta de peças do Azera, que são mais elevados em relação a ambos os rivais. O sul-coreano ainda tem índice de desvalorização maior do que o dos concorrentes.

Pontos Negativos

  • Não opção de trocas de marchas no volante
  • O modelo anda bem, mas não acompanha o ritmo dos concorrentes japoneses
  • Para um modelo com tanta sofisticação, falta câmera de ré





Pontos Positivos

  • Seu motor 3.0 V6 entra em funcionamento suavemente, com baixo nível de ruídos
  • O visual das laterais e da traseira transmite jovialidade, apesar da grade dianteira, que confere formalidade
  • O interior é muito refinado e oferece espaço e conforto a todos os ocupantes

Novo Azera 2016 – Avaliação, Opinião do Dono e Custo Benefício

Hyundai Azera 2016

O Novo Azera é um carro muito bonito, um sedã de porte grande da Hyundai, onde a aquisição fica para poucos, não só pelo valor, mais também pelo seguro, e custo beneficio que são bastante altos, resumindo é um carro sensacional, com padrão de sedan premium, porém o preço de tabela é um pouco salgado frente aos seus rivais de segmento. Quando comparado com um de seus concorrentes diretos, por exemplo o Ford Fusion, vemos uma grande distância no preço de tabela. O Fusion na versão mais barata custa R$ 102.900 em média, já na versão top de linha com motor híbrido custa R$ 133.000, muito mais barato que o Azera.


O Azera ganhou novidades pontuais e preserva prioridade para o conforto, mas desempenho e custo-benefício pesam contra, o sedã ganhou discretos retoques visuais e manteve suas principais características: ele continua sendo um carro com bom motor, mas que preza mesmo pelo conforto dos passageiros. O ótimo espaço interno e pacote de equipamentos completo também se mantêm como marcas do sul-coreano.

Gostou do post então comente abaixo, compartilhe nas Redes Socias, espero que tenham gostando e que tenha ajudado vocês a decidir sobre a compra ou não do Novo Azera 2016.

loading...
  • Paulo Neves

    Vocês precisam fazer uma revisão do texto antes de publicar a matéria. Há muitos erros ortográficos e de concordância. Alguns trechos ficam totalmente sem sentido, como exemplo temos as partes que falam de custo benefício alto. Grande abraço e espero que recebam a crítica de forma construtiva.

    • Pedro Martins

      Sem contar a troca do “mas” por “mais”. O Azera já vem todo prejudicado (preço alto, câmbio automático de 6 marchas) e este português ruim só agrega negatividade.